Publicidade
>>Como anunciar
>>Email
>>Tenha o Guia
>> Parceiros
.

Cadastre-se Aqui, é de Graça! Alterar cadastro Eu possuo senha Esqueci a senha 1ª vez: Não possuo senha
Serviços GuiaNet

>> Guia Turismo BR
>> Mapa do Brasil
>> Mensagem da Semana


Visite o Acre




DETRAN-AC

Prefeitura de Rio Branco

 Capital    
Rio Branco Clique aqui e pegue seu Ímã do Tempo! Previsão Estendida

 Tempo On Line    

Digite uma cidade:


 



Bandeira do Estado do Acre.

Estado do Acre - (AC)

A maneira fácil de encontrar empresas, produtos, serviços ...
  Para uma procura detalhada, preencha mais de um campo.
Não é necessário preencher todos os campos.
Acentue as palavras.  Não utilize apóstrofes.

Empresa Produto/Serviço
 Cidade Bairro

 


>>Mapa do Acre

>>Mapa Rodoviário do Estado do Acre



Habitante: acreano.
Situação geográfica - sudoeste da região Norte.
Área: 153.697 km².
Limites: Amazonas (N); Rondônia (L); Bolívia (SE) e Peru (S e O).
Características: planalto (maior parte do território) e serra da Contamana (O).
Clima: equatorial.
Cidades principais: Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Sena Madureira, Brasiléia.
Rios Principais: Juruá, Tarauacá, Muru, Embirá, Xapuri, Purus, Iaco e Acre.
Hora local (em relação a Brasília): -2h.
Colonização: migrantes do Ceará (maioria).
Vida média (anos): 64,3 (1980).
Economia - extrativismo (borracha e castanha), pecuária.
Agricultura: mandioca, arroz, banana e milho.
Pecuária e criações: bovinos, suínos, ovinos e galinhas.
Indústria: alimentícia, madeireira, cerâmica e mobiliário.



Capital do Estado - RIO BRANCO
Código DDD   0 XX 68 - Nº do telefone
XX = Código da Operadora 


Habitante - Rio-branquense.
Situação geográfica - Área: 14.294 km².
Limites: Bujari, Porto Acre, Boca do Acre (N); Senador Guiomard (L); Xapuri, Capixaba (S) e Sena Madureira (O).
Altitude: 152,5 m.
Distância de Brasília: 3.123 km.
Economia - extrativismo (borracha, castanha) e pecuária.
Agricultura: mandioca, milho, feijão, arroz e banana.
Indústria: alimentícia, construção civil, madeireira e mobiliário.
Jornais: 2 diários




Formação histórica

Até o começo do século XX, pertence à Bolívia.
Com o ciclo da borracha (1827-1915), os brasileiros tornam-se a maioria da população e, em 1899, quando os bolivianos começam a recolher impostos, eles se revoltam.
Os conflitos terminam com a assinatura do Tratado de Petrópolis (17/11/1903): o Brasil recebe a posse definitiva do território em troca de áreas no Mato Grosso, do pagamento de 2 milhões de libras esterlinas e do compromisso de construir a estrada de ferro Madeira-Mamoré para o escoamento de produtos bolivianos.
Integrado ao Brasil como território, é subdividido em três departamentos e, depois, em quatro.
Unificado em 1920, é elevado à condição de Estado em 15/6/1962, durante o governo João Goulart.


Desenvolvido por
GuiaNet - Guia Internet Brazil     ©1999 - 2004
Info: guianet@guianet.com.br